Conteúdo sem estratégia não resolve

Em artigo publicado no Meio & Mensagem no último dia 10 de agosto, Conrado Cotomácio, diretor de criação da Jüssi, levantou uma bola que temos discutido há algum tempo aqui na EmeDois.

 

Por disponibilizarmos um modelo de trabalho que acolhe os microempresários, sempre recebemos contato de marcas que querem "um Instagram bonitinho". Nesse processo inicial de conhecer o potencial cliente, cabe a nós explicarmos exatamente o que foi discutido no bem colocado texto do Conrado.

 

A área de comunicação é a primeira a ser ceifada em um corte ou uma reestruturação corporativa - independente do tamanho e segmento. A frente que mais traz visibilidade, atração de clientes e posicionamento, ironicamente é a mais massacrada quando o assunto é investimento.

 

Hoje, em breve pesquisa no Google podemos ver anúncios irreais e medonhos de empresas que cobram valores irrisórios para tentar chamar a atenção das microempresas. Porém, em muitos casos ficam presos também ao mínimo dessa exposição, sem estratégia.

 

O conteúdo já deixou de ser a principal razão de se posicionar uma marca nas mídias digitais. Ou há estratégia por trás, que se direcione em venda e apoio comercial para gerar negócio e oportunidade, ou o conteúdo, ou toda a comunicação que se presta neste caso, sempre será visto como custo e não investimento.

 

Dentro desse universo de acerto e erro, perde menos tempo e recursos quem investe de forma assertiva e apoiado por um entendimento de comunicação como todo, como parte da decisão de negócio, e não como "postador" de fotos.

 

Em cenário de crise fica mais evidente o que o Conrado discute com seus colegas em debate e a forma como apresenta isso no texto. Como provar ao seu parceiro que vale manter a comunicação ativa e em escala de alta importância se o maior defict da empresa é financeiro?

 

Entregar um planejamento desenhado em par com o cliente e que sugira ações inteligentes e possíveis tem tido muito mais resultado, apoiando as vendas, movimentando o caixa, do que sendo passional somente ao conteúdo.

Se você deseja saber mais sobre estratégia de conteúdo, fale conosco.